segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Chico Xavier é o Mineiro do Século...
















Depois de quinze dias de votação, a população de todo o estado de Minas Gerais escolheu, com 704.030 votos, o Mineiro do Século.
Chico Xavier foi o festejado ganhador no dia 15/11/2000.
A promoção do Mineiro do Século foi realizada pela Rede Globo Minas.
No dia do resultado, uma equipe de Belo Horizonte teve a oportunidade de falar com o médium, que, humilde, disse não merecer a homenagem.
Mas Chico ressaltou que "a vontade do povo é a verdade".
Amigos e conhecidos do líder espírita se concentraram na porta da casa dele, no começo da noite.
Surpreendendo a todos, Chico saiu e ficou sentado junto às pessoas que lá estavam.
Ele também foi unanimidade nos dias em que a urna eletrônica esteve na cidade, no Shopping Uberaba.
O segundo colocado foi Santos Dumont, com 701.598 votos.
Uma diferença de apenas 2.432 votos.
Para se ter uma idéia da liderança dele, pelo telefone Chico recebeu 634.610 votos.
Os outros classificados pela ordem foram: Pelé, Betinho, Carlos Drummond Andrade, Ary Barroso, Juscelino Kubitschek, Carlos Chagas, Guimarães Rosa e Sobral Pinto.

Fonte: Internet.

domingo, 29 de novembro de 2009

Filme sobre Chico Xavier será lançado em Abril de 2010...



O filme CHICO XAVIER, sobre a vida do maior médium espírita do século XX, está sendo produzido pela Globo Filmes e a Sony Pictures. O filme está orçado em 7 MILHÕES DE REAIS, um dos filmes mais caros já produzidos no Brasil. O ator Nelson Xavier (67 anos), vai interpretar o líder espiritual no cinema, com direção de Daniel Filho.


















1- Como surgiu o convite para fazer Chico Xavier no cinema?

Nelson Xavier: Essa história começou há cinco anos.
O Marcel Souto Maior, que escreveu "As Vidas de Chico", me mandou o livro e um bilhete dizendo que gostaria que eu interpretasse o Chico.
Li o livro e fiquei estarrecido com o poder de Chico e liguei para o Daniel, que é uma pessoa com quem não tenho relação regular, e disse:
- Sei que você vai dirigir Chico Xavier e quero fazer.
Se você achar que estou muito velho, eu até faço uma plástica.
Segui minha vida até que um dia ele me ligou e disse: "A resposta é sim".
Quando caí em mim, tive uma crise de choro.

2- E como se preparou para o personagem?

NX: Em março fomos para Uberaba, em Minas Gerais, na casa onde Chico morou e para Pedro Leopoldo (cidade onde Chico nasceu).
Lá tem recortes lindos…
Delirei, queria morar lá.
É um lugar de paz.
Todos os lugares que ele frequentou são carregados de uma energia arrebatadora. Nessas visitas tive notícias de muitos colegas que visitavam o Chico.

3- Qual foi a reação das pessoas quando descobriram que você viveria Chico Xavier?

NX: Tanto as pessoas de Uberaba, quanto o Daniel acham que, por eu não ser comprometido com o espiritismo, vejo com mais amplitude.
É um olhar de quem é de fora.
O filme vai ser um sucesso não só no Brasil quanto internacionalmente.

Fonte: Internet.

sábado, 28 de novembro de 2009

Art Nouveau...


















"O Art Nouveau surgiu como uma tendência arquitetônica inovadora do fim do
século 19: um estilo floreado, em que se destacam as formas orgânicas inspiradas em folhagens, flores, cisnes, labaredas e outros elementos.
Os edifícios apresentam linhas curvas, delicadas, irregulares e assimétricas. Mosaicos e mistura de materiais caracterizam muitas obras arquitetônicas, como as de Antoni Gaudí, expoente do movimento na Espanha.
Com cacos de vidro e ladrilhos, ele decora construções como o Parque Güell e a Casa Milá, em Barcelona.
A Catedral da Sagrada Família é outra obra sua de destaque.
A Arte nova( do francês Art nouveau [aR.nu'vo] ), foi um estilo estético essencialmente de design e arquitetura que também influenciou o mundo das artes plásticas.
Era relacionado com o movimento arts & crafts e que teve grande destaque durante a Belle époque, nas últimas décadas do século XIX e primeiras décadas do século XX. Relaciona-se especialmente com a 2ª Revolução Industrial em curso na Europa com a exploração de novos materiais (como o ferro e o vidro, principais elementos dos edifícios que passaram a ser construídos segundo a nova estética) e os avanços tecnológicos na área gráfica, como a técnica da litografia colorida que teve grande influência nos cartazes.
Devido à forte presença do estilo naquele período, este também recebeu o apelido de modern style (do inglês, estilo moderno).
O nome surgiu de uma loja parisiense (capital internacional do movimento), chamada justamente Art nouveau e que vendia mobiliário seguindo o estilo.
Caracteriza-se pelas formas orgânicas, escapismo para a Natureza, valorização do trabalho artesanal, entre outros. O movimento simbolista também influenciou o art nouveau.
Recebeu nomes diversos dependendo do país em que se encontrava: Flower art na Inglaterra, "Modern Style", "Liberty" ou stilo "Floreale" na Itália. Os alemães criam sua própria vertente de Art Nouveau chamada Jugendstil.
No Brasil, teve fundamental participação na divulgação e realização da art nouveau o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo.
Um dos maiores nomes desse estilo, no Brasil, é o artista Eliseu Visconti, pioneiro do design no País.
Em Portugal, edifícios em estilo arte nova são particularmente comuns em Aveiro e Caldas da Rainha.
Em Lisboa, a Casa - Museu Dr. Anastácio Gonçalves é um bom exemplo da variante portuguesa do estilo, assim como no Porto o Café Majestic.
Em Portugal foi comum, mais que a arquitetura, a decoração de fachadas e interiores com azulejos em estilo arte nova, como se comprova em muitos edifícios da virada dos séculos XIX e XX".

Fonte: Wikipédia

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

O amor em movimento - Mensagem da reunião de quinta feira...

"A nossa felicidade será naturalmente proporcional em relação à felicidade que fizermos para os outros."

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Arquimedes de Siracusa...


















Arquimedes foi um matemático, físico e inventor grego. Foi um dos mais importantes cientistas e matemáticos da Antiguidade e um dos maiores de todos os tempos.
Ele fez descobertas importantes em geometria e matemática, como por exemplo um método para calcular o número π (razão entre o perímetro de uma circunferência e seu diâmetro) utilizando séries.
Este resultado constitui também o primeiro caso conhecido do cálculo da soma de uma série infinita.
Ele inventou ainda vários tipos de máquinas, quer para uso militar, quer para uso civil.
No campo da Física, ele contribuiu para a fundação da Hidrostática, tendo feito, entre outras descobertas, o famoso princípio que leva o seu nome.
Ele descobriu ainda o princípio da alavanca e a ele é atribuída a citação: "Dêem-me uma alavanca e um ponto de apoio e eu moverei o mundo".
Hoje conhecemos muito pouco sobre a vida de Arquimedes e sobre a sua obra, já que muitos dos documentos originais foram destruídos.
No entanto os romanos tinham muita admiração por ele e alguns historiadores deixaram textos em que descreviam aquilo que na sua época ainda se conhecia sobre a sua vida e obra.
Apesar de que muitos desses textos são sobretudo lendas, o pouco que se sabe sobre Arquimedes teve uma importância decisiva no surgimento da ciência moderna, tendo influenciado, entre outros, Galileu Galilei e Isaac Newton.
A maioria dos detalhes da vida de Arquimedes são desconhecidos.
Sabe-se que nasceu em Siracusa, na época uma cidade-estado da Magna Grécia cerca de 287 a.C.
Seu pai foi um astrônomo chamado Fídias, do qual nada se conhece.
Quando jovem, estudou em Alexandria, o centro do saber da época, com Cônon, um dos discípulos de Euclides.
Embora na Antiguidade não houvesse clara distinção entre matemáticos (geómetras), físicos (cientistas naturais) e filósofos, Arquimedes destacou-se ao longo da sua vida principalmente como inventor e matemático.
Arquimedes morreu após a tomada de Siracusa durante a Segunda Guerra Púnica, cerca do ano 212 a.C..
Foi morto por engano por um soldado romano, apesar dos soldados terem ordens explícitas para defendê-lo, já que os romanos tinham uma enorme admiração por ele. Diz-se que quando os soldados romanos invadiram a praia de Siracusa, encontraram um velho senhor - o próprio Arquimedes - desenhando círculos na areia.
Sem imaginar que esse era o génio responsável pela criação das poderosas armas sicilianas, assassinaram-no quando ele se negou a obedecer a suas ordens, porque não queria ver perturbado o raciocínio que seguia nesse momento.
De acordo com o seu desejo, a sua sepultura foi decorada com o desenho de uma esfera dentro de um cilindro, que fazia parte de uma das suas demonstrações matemáticas favoritas.

Fonte: Wikipédia.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Arquitetura pelo mundo - China...

A arte do Extremo Oriente, rica e variada em suas manifestações, revela, na China e no Japão, estreito relacionamento com a religião, sendo ao mesmo tempo eco das numerosas dinastias chinesas e dos guardiões da cultura (bonzos) japoneses. O vínculo permanente entre ambos os países determinou a influência do primeiro sobre o segundo, desde os séculos V e VI até o XIX, em todas as disciplinas artísticas. Um dos fatores que determinaram essa estreita relação cultural foi a religião, mais precisamente o budismo. Os chineses, a princípio taoístas e confucionistas, começaram a absorver as crenças budistas, depois da expansão do império grupta (indiano) no século IV, sendo definitiva a instauração dessa religião durante a dinastia T'ang (século IV).

Pavilhão da Suprema Harmonia (T'ai-he-tien), Beijim











Tanto a arquitetura chinesa quanto a japonesa tiveram e continuam tendo um caráter eminentemente funcional, não apenas no que se refere à habitabilidade, mas também ao conceito de integração ao cosmo ou harmonização com a natureza.
Para os chineses, a arquitetura deveria ser uma réplica do universo. As formas quadradas, que representam a terra, e as arredondadas, que simbolizam o céu, combinam-se de tal maneira que tanto templos quanto pagodes exibem aparência semelhante em atenção a essas normas. Os imponentes pagodes chineses seriam o reflexo dos stupas indianos e posteriormente a origem de toda arquitetura monumental chinesa e japonesa.

Pagode Hsiao-yen t'a


Pagode Liu Ho-t'a













No geral, as construções chinesas que mais receberam atenção foram os templos, localizados sobre um terraço com orientação específica, tendo em vista as estações do ano. O exemplo mais interessante é o da Cidade Proibida, construída para o imperador no início do século XV.

Vista da Cidade Proibida, Beijim









O Templo do Céu, situado na Cidade Proibida de Pequim, é um resumo das tendências da arquitetura chinesa. Une o circular, o céu, com os três níveis de tetos curvados para cima, uma proteção eficiente contra a energia negativa. Os telhados típicos de terracota, com suas pontas para cima, além de serem uma realização complexa, simbolizam na China a união entre o celestial e o terrestre.

Templo do Céu - Cidade Proibida, Pequim









Fonte: Internet.

domingo, 22 de novembro de 2009

Biennale di Venezia - Bienal de Veneza












A Bienal de Veneza é um dos acontecimentos culturais mais importantes do mundo, com uma sólida tradição, que começou em 1895. A exibição de arte foi a primeira a ser criada; e em 1930, nasceram os festivais de música, teatro e cinema (o primeiro Festival de Cinema aconteceu em 1932). A exposição de arquitetura surgiu em 1980 e a mostra de dança, em 1999.
Atualmente é uma referência artística, que atrai à cidade os melhores de cada área e recebe um público cada vez maior. Acontece nos anos ímpares, em geral a partir de junho.

A Bienal organiza exposições multidisciplinares subdivididas em setores:
Arquitetura - Mostra Internacional de Arquitetura
Arte - Exposição Internacional de Arte
Cinema - Festival Internacional de Cinema de Veneza (frequência anual)
Dança - Festival Internacional de Dança Contemporânea
Música - Festival Internacional de Música Contemporânea
Teatro - Festival Internacional de Teatro

Existe ainda o setor do Arquivo Histórico de Arte Contemporânea (Archivio Storico delle Arti Contemporanee-ASAC) que tem como objetivo a conservação do patrimônio da Bienal, em todos os seus âmbitos.

Um museu a céu aberto

A Itália é um verdadeiro museu a céu aberto, com 41 monumentos declarados Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.
Não perca os centros históricos de Florença ou Gênova, além de outros monumentos tão importantes como a Torre de Pisa e cidades tão vibrantes como Palermo ou Bolonha.
Não podemos esquecer a sua capital, Roma, onde se encontram monumentos tão antigos como o Coliseu e tão românticos como a Fontana di Trevi.




Fonte: Internet.

sábado, 21 de novembro de 2009

Galeria Contemplo - Fragmentos - Juçara Costta










No dia 16 de novembro, a artista plástica Juçara Costta inaugurou a exposição “Fragmentos” onde exibe até janeiro seus novos trabalhos, na Contemplo Galeria de Arte. O horário para visitação é das 9 às 17h30, de segunda a sexta-feira.

Uma das mais prestigiadas e reconhecidas artistas plásticas contemporânea de Minas, Juçara Costta já realizou diversas exposições coletivas ou individuais, nas mais importantes galerias do Brasil e seus trabalhos estão em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Brasília. Também já expos nos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Itália e Portugal.

Galeria Contempla convida para encontros e bate papo com a artista nos dias:

19 de novembro – quinta feira – de 16 às 20hs
20 de novembro – sexta feira – de 16 às 20hs
21 de novembro - Sábado – de 09 às 14hs

Dia 26 de novembro – quinta feira – de 16 às 20hs
Dia 27 de novembro – sexta feira – de 16 às 20hs
Dia 28 de novembro – sábado – de 09 às 14hs

Dia 2 de dezembro – quarta feira – de 16 às 20hs
Dia 3 de dezembro – quinta feira – de 16 às 20hs

Dia 10 de dezembro – quarta feira – de 16 às 20hs
Dia 11 de dezembro – quinta feira – de 16 às 20hs
Dia 12 de dezembro – sábado – de 09 às 14hs

Dia 17 de setembro – quinta feira – de 16 às 20hs
Dia 18 de dezembro – sexta feira – de 16 às 20hs
Dia 19 de dezembro – sábado – de 09 às 14hs

Rua Barão de Macaúbas, 261
Santo Antônio – Belo Horizonte

Informações:
031 32932280 031 32932280
031 32961160 031 32961160

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

vernissage Juçara Costta























Fui com a minha mulher a vernissage da nossa amiga e Artista Plástica Juçara Costta.
A vernissage aconteceu na CONTEMPLO Galeria, à Rua Barão de Macaúbas, 261, na segunda-feira.
Adoramos revê-la e ainda tive a oportunidade de presentear minha mulher com uma obra da Juçara.






Juçara, também ficamos muito felizes de você fazer parte do nosso cotidiano através da sua arte.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

O amor em movimento - Mensagem da reunião de terça feira...

"As conveniências humanas são respeitáveis.
Mas as conveniências espirituais são divinas.
Ouça a voz de seu coração!"

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Arquitetura autoral...

"Toda a obra de um homem, seja em literatura, música, pintura, arquitetura ou em qualquer outra coisa, é sempre um auto-retrato; e quanto mais ele se tentar esconder, mais o seu caráter se revelará, contra a sua vontade."

Samuel Butler

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Arquitetura pelo mundo - A arquitetura romana...





















A arquitetura romana deriva da arquitetura grega, embora diferenciando-se nas suas características próprias. Alguns autores agrupam ambos estilos designando-os por arquitetura clássica. Alguns tipos de edifícios característicos deste estilo propagaram-se por toda a Europa, nomeadamente o aqueduto, a basílica, a estrada romana, o Domus, o Panteão e o Arco do Triunfo.
Os monumentos romanos se caracterizam muito pela solidez; aprenderam com os etruscos o emprego do arco, assim como a abóbada ou teto curvo, que os gregos e egípcios não conheceram. Construíram também catacumbas, fontes, obeliscos, pontes, templos.

Aquedutos

Os romanos construíam os aquedutos, enormes conjuntos de arcos que levavam água para as cidades. Os europeus aprenderam com os romanos a arte de canalizar a água em aquedutos. Um exemplo dessa influência são os arcos que os portugueses construíram no Rio de Janeiro.















O Aqueduto da Carioca, popularmente conhecido como os Arcos da Lapa, localiza-se no bairro da Lapa, na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.
Considerada como a obra arquitetônica de maior porte empreendida no Brasil durante o período colonial, é hoje um dos cartões postais da cidade, símbolo mais representativo do Rio Antigo preservado no bairro boêmio da Lapa.


A solidez

Os romanos construíram ainda estradas, calçadas e pontes de uma solidez que desafiou as invasões bárbaras e prestou grandes serviços para o comércio.
A influência na Europa: o Estilo Românico
Na Europa, durante a Idade Média, muitas igrejas cristãs, imitando as basílicas de Roma, foram construídas no estilo românico com a abóbada apoiada nas paredes e estas, para suportar o enorme peso, tinham que ser baixas, espessas e com poucas janelas. As basílicas eram edifícios públicos onde havia tribunal, biblioteca, sala de jogos e de conversação.

Fonte: Internet.

domingo, 15 de novembro de 2009

O segredo da longevidade...

Para aqueles que sempre falam que eu e minha mulher somos muito conservados, eu apresento o segredo da nossa longevidade: dormimos embaixo dessa Pirâmide.
A Pirâmide é um Vitral criado e executado pelo Arquiteto e Artista Plástico David Peterson.
Observem essa Obra de Arte com atenção e descubram as sutilezas existentes em seus desenhos e formas...

sábado, 14 de novembro de 2009

A Arteterapia...

















A Arteterapia é um caminho através do qual cada indivíduo pode encontrar possibilidades de expressão para, através de técnicas e materiais artísticos, processar, elaborar e redimensionar suas dificuldades na vida.

De acordo com o Family Guide to Alternative Medicine (Dicionário de Medicina Natural), a Arteterapia atende a qualquer pessoa que tenha problemas emocionais ou psicológicos ou queira saber mais sobre si própria, especialmente se acha difícil exprimir-se por palavras. É especialmente recomendado em grupo para pessoas com dificuldades no relacionamento com os outros ou que sofram de problemas, como Alcoolismo, Anorexia e Bulimia, Dependência de Drogras, Deficiências Físicas ou Mentais que interferem na capacidade de comunicação. Muitas vezes elas conseguem exprimir medos e necessidades que estão tão profundamente ocultos que a pessoa normalmente nem tem consciência deles. Dar-lhes uma forma visual, com tintas, barro ou qualquer outro meio artístico, pode ser a primeira fase no processo de cura, pois ajuda a pessoa a reconhecer seus problemas e a redescobrir sua capacidade criativa.
Ainda segundo este Dicionário de Medicina Natural: As pessoas que se preocupam por que julgam que não são capazes de desenhar ou pintar, são tranqüilizadas já no início do trabalho, pois que recebendo materiais diversos e conhecendo técnicas variadas têm a oportunidade de se expressarem espontaneamente resgatando o lado lúdico da infância, muitas vezes esquecido e abandonado à medida que cresceram e se tornaram adultos.

Fonte: Internet.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Arquitetura de informação...

















A arquitetura tradicional, voltada para a construção civil e já amplamente conhecida, é conceituada como a arte ou técnica de projetar e edificar ambientes habitados. Como atividade humana, ela existe desde que o homem passou a se abrigar das intempéries, e tem evoluído à medida em que ganhou importância o design do ambiente construído, buscando-se a organização de espaços físicos.
Nos tempos atuais, um novo tipo de arquitetura tem sido necessário, sobretudo em grandes organizações. Lidando com estruturas digitais de informação e software, ao invés de estruturas físicas de alvenaria, a Arquitetura de Informação consiste no design de ambientes informacionais compartilhados e resistentes à entropia, que vem a ser o estado de desordem natural de qualquer sistema, na ausência de uma força organizadora.
Muitos dos artigos publicados sobre esse tema apontam o design de interfaces ou a estruturação de sítios na Web, como o seu principal foco. Entretanto a interface é uma janela para a informação. Até mesmo a melhor interface só é tão boa quanto a informação por trás dela. O oposto também é valido: até a informação mais compreensivelmente formatada só será tão útil quanto a sua interface. Assim, embora mutuamente dependentes, essas disciplinas não são a mesma coisa, nem tampouco estão contidas integralmente uma na outra.
Não por acaso, a Arquitetura de Informações guarda muitas semelhanças com aquela sua ancestral. A principal delas é a característica de ser centrada no ser humano: como a informação só pode existir em "comunidades de sentido", a Arquitetura de Informações trata primeiramente de pessoas, buscando assegurar-lhes conforto e, somente depois, de tecnologia.
Com esse objetivo, faz-se necessário, por exemplo, o estabelecimento de padrões capazes de homogeneizar o significado de palavras, expressões e símbolos utilizados em todo o ciclo de produção das soluções de tecnologia da informação. Um vocabulário controlado contribui muito para minimizar as barreiras de entendimento, proporcionando um meio eficiente e confiável para a troca de informações.
Nas organizações, situa-se no domínio dessa disciplina a responsabilidade por manter a "visão do todo", assim materializada no modelo arquitetural das informações corporativas voltadas ao atendimento das necessidades dos clientes, acionistas e sociedade, considerando o movimento do mercado e em conformidade com órgãos reguladores.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

O amor em movimento - Mensagem da reunião de terça feira...

"O segredo da vida é não correr atrás das borboletas.
É cuidar do jardim, para que elas venham até você!
Se cuide e se ame."
(Mário Quintana)

terça-feira, 10 de novembro de 2009

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Vamos escolher a Leila Pinheiro como atração do projeto PEÇA MPB...























Vamos escolher a Leila Pinheiro como atração do projeto PEÇA MPB.
É rapidinho... só clicar no link (http://www.pecampb.com.br/) escolher o show da Leila Pinheiro como uma das próximas atrações, deste projeto que traz de volta os shows pra dentro de teatros, dando aquela sensação aconchegante de "sala de casa".
Vamos divulgar.
Conto com o carinho de todos...

domingo, 8 de novembro de 2009

Arquitetura pelo mundo - Veneza...

Veneza, também chamada "La Sereníssima" pelos Venezianos, transporta o viajante para um mundo de sonhos: São Marcos e os majestosos palácios, que se erguem orgulhosos nas margens do Grande Canal, e os tesouros artísticos de Ticiano, Tintoretto ou Tiepolo, tudo se combina para transmitir uma magia incomparável.

Palazzo Ducale
Aprecie o majestuoso Palácio Ducale, em Veneza, e visite seu interior, que possui obras de arte de grande importância.
O Palácio Ducal está situado na Praça São Marcos, com uma parte da fachada virada para a praça e a outra para o canal. O edifício é um exemplo de arquitetura gótica, e sua base principal, feita em mármore. É considerado um símbolo da fortuna e do poder alcançados pela cidade no passado.
Observe o sofisticado interior de suas salas, seu pátio renascentista e gótico. Atualmente o Palácio abriga um museu com obras de Titian, Bellini, Tintoretto ou Veronese, das quais se destaca A "Visão do Paraíso", de Tintoretto, a maior pintura a óleo do mundo.













Ponte dei Suspiri
A Ponte dos Suspiros é uma das mais bonitas de Veneza e possui uma trágica história.
Imagine todos os tipos de pontes: modernas, restauradas, antigas, de madeira, e quase todas, com muita história. As mais conhecidas são a Ponte de Rialto, a primeira da cidade e seu cartão postal; e a Ponte dos Suspiros, que liga o Palácio Ducal com a antiga prisão da Inquisição.
Com esse nome, a ponte bem poderia ter ficado famosa por ser cenário de um romance, mas sua história real é um pouco mais trágica. Parece que os prisioneiros davam lá seu último suspiro por ver a luz do dia pela última vez.
Existe um Itinerário Secreto, desde o Palácio Ducal, para caminhar sobre ela. Se quiser continuar o trajeto cruzando as principais pontes da cidade, siga até a Ponte da Academia (Ponte dell´Accademia), que atravessa o Grande Canal, assim como a Ponte de Rialto (Ponte di Rialto).












Basilica di San Marco
Conheça a magnífica Basilica di San Marco, um símbolo de Veneza.
A Piazza San Marco é grande e concentra inúmeros atrativos turísticos. Mas a Catedral de São Marcos, imponente e exótica, chama a atenção. A construção do templo foi iniciada no século IX em estilo gótico, mas um incêndio, em 976, danificou sua estrutura. A fachada que se vê atualmente data de 1071.
Inicialmente, foi edificada para receber os restos de São Marcos, padroeiro da cidade. Hoje, é umas das principais igrejas de Veneza, considerada uma obra prima da arte bizantina. Atrai multidões de turistas, assim que, melhor visitá-la no começo da manhã. Você poderá ver com mais calma o jogo geométrico de suas cinco cúpulas, as cinco portas da fachada principal, a extravagante decoração interior, a base feita de mármore oriental, belas colunas e luxuosas jóias.
Atrás do altar maior, uma grande placa de ouro guarda os restos de São Marco, La Pala d'Oro, adornada com safira, esmeraldas e rubis. Se diz que seu corpo foi roubado de um mosteiro em Alexandria, no século XI, e agora repousa na nave principal da basílica.












Piazza San Marco
A Praça de São Marcos abriga uma grande quantidade de pontos turísticos em Veneza. Uma paisagem imperdível!
A Piazza San Marco é o centro de Veneza, onde estão monumentos tão importantes como a torre e a Basilica di San Marco, os edifícios das procuradorias e as residências de grandes funcionários venezianos, que datam dos séculos XVI e XVII. Fotografada por turistas do mundo inteiro, lá coincidem visitantes, moradores locais e artistas de rua.
No andar térreo das Procuradorias estão os cafés mais famosos da cidade: o Caffè Florian e o Gran Caffè Quadri, abertos no século XVII. Também se encontram na San Marco, o Museu Correr e o Museu de Arqueologia; o Palácio Ducal, antiga residência do governo no século IX; a Biblioteca Marciana; e a Torre do Relógio, que exibe as fases da lua e os signos do zodíaco. Conta a lenda, que os responsáveis pelo projeto do relógio tiveram os olhos arrancados após sua conclusão, para que não pudessem repetir a obra.
Antes de transformar-se em espaço público no século XII , a praça abrigava a horta do Convento de San Zacarías. Para ter uma visão diferente dela e da cidade, guarde energia e suba no Campanile, o campanário da Basílica, que tem quase 100 metros de altura.













Ruas de Veneza
Aproveite toda a beleza de Veneza explorando suas ruas e lugares mais escondidos.
Considerando que a cidade está cheia de cantos charmosos, e sendo o barco a única alternativa de transporte em Veneza, sobram motivos para explorá-la a pé. O melhor é começar cedo, antes das ruas serem invadidas por uma multidão de turistas, que somam anualmente 12 milhões de visitantes.
A zona da Praça São Marcos, onde está a maioria das atrações, é a mais movimentada. Se depois de ver o essencial, você quiser um pouco de paz, é hora de caminhar pelos bairros mais afastados do Grande Canal, como Castello, Dorsoduro, Santa Croce ou San Polo.
Além disso, é impossível não se perder em Veneza. Quando isso acontecer, confie no instinto e siga aproveitando o roteiro improvisado.












Fonte: Internet.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O amor em movimento - Mensagem da reunião de quinta feira...

"Aprenda a escutar sua fonte interior de inspiração e, ao mesmo tempo, confie nela plenamente.
Deus se manifesta através de seu coração."

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Alimentação e Meditação - Rachel Barros

De acordo com a Orientadora Alimentar RACHEL BARROS, é preciso conciliar a prática da meditação com uma alimentação saudável com uma “anti-dieta”.

“Os alimentos influencia as emoções, o humor e o estado de espírito. É preciso perceber a alimentação como forma de nutrição física, afetiva e espiritual”, explica Rachel. Para manter uma “anti-dieta” saudável deve-se ficar atento à cinco princípios básicos: qualidade, quantidade, quando e como comer e ainda as diferentes combinações alimentares. Ela explica que a anti-dieta divide o dia em três partes: ciclo de ingestão, que vai do meio-dia às 20h, ciclo de assimilação, entre 20h e 4h, quando nada deve ser consumido, e ciclo de eliminação, que vai das 4h ao meio-dia, período para ingestão de frutas frescas e sucos. “Alimentação é mecanismo de cura, deve ser usado como prevenção. É a mais soberana das terapias”, acredita a orientadora, que, ministrou a palestra : “Alimentação como Suporte para a Serenidade”, no III Congresso de Meditação no Rio em Julho de 2004, na UERJ.

“Alguns alimentos irritam, outros serenam. Por meio deles ingerimos impressões, sensações e emoções”.

Rachel Barros, orientadora alimentar e precursora da Anti-dieta no Brasil, sugere:

• Dê preferência aos alimentos naturais em lugar dos processados industrialmente à base de aditivos químicos;

• Os alimentos de origem animal, principalmente as carnes e laticínios, também devem ser consumidos com equilíbrio;

• Nunca deixe o estômago completamente cheio. Sair da mesa com um pouquinho de fome é o ideal, pois quando o processo digestivo for iniciado, o restinho da fome irá embora;

• Além da correta mastigação, reserve um bom tempo para as refeições e evite simplesmente engolir os alimentos;

• Não consuma líquidos durante as refeições;

• Evite excessos de sal e açúcar.

Fonte: Internet.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

O amor em movimento - Mensagem da reunião de terça feira...

“Não guardemos culpa.
Optemos pelo melhor, modificando nossa conduta.
Reconheçamos o erro e olhemos para frente, dando a continuidade a nossas metas.”

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Longevidade e Espiritualidade...

Dr. Thomas Perls, geriatra norte-americano e a neurocientista Suzana Herculano Houzel, durante o IV Fórum de Longevidade...

Segundo Dr. Perls, um estudo conduzido com adventistas do 7º dia demonstrou que a expectativa de vida deles chega a 90 anos, bem acima da médica da população. Um dos fatores que influem nessa longevidade é o fato de cultivarem a espiritualidade, o que os auxilia a enfrentar melhor as dificuldades.

Ao mesmo tempo, Suzana menciona que cuidar das emoções também é essencial para envelhecer com qualidade de vida e viver mais, pois nos auxilia a controlar o estresse. Demonstrações de amor e carinho provocam a liberação do hormônio ocitocina que promove a motivação e inibe as fobias, ou seja, pode deixar as pessoas mais seguras e fortes para enfrentar as dificuldades da vida.

Um caminho para a longevidade - MEDITAÇÃO...

Para nós, ocidentais, meditar significa refletir a respeito de alguma coisa. No oriente, meditar é algo bem diferente. É entrar num estado de consciência onde se torna mais fácil compreender a si mesmo. Nisargadatta Maharaj, um mestre indiano, nos explica com simplicidade no seu livro I am That:

"Nós conhecemos o mundo exterior de sensações e ações mas, do nosso mundo interior de pensamentos e sentimentos, nós conhecemos muito pouco. O objetivo primário da meditação é que nos tornemos conscientes e que nos familiarizemos com a nossa vida interior. O objetivo final é alcançar a fonte da vida e da consciência."

Alguns exercícios simples para começar a Meditar:

Um dos exercícios mais simples é observar a respiração. Sinta o ar entrando e saíndo pelas narinas. Acompanhe seu caminho por todo o corpo. Repare nos movimentos da barriga, do peito. Veja se há movimentos ou sensações na pelve, pernas, cabeça, etc. Esteja com o ar o tempo todo.

Quando estiver em contato com a natureza, sente-se diante de uma paisagem e observe-a. Ouça os sons, veja as cores, sinta os aromas mas não fique dando nome às coisas ou analisando-as: "esse cheiro deve ser daquela flor", "como é bonita a forma daquela montanha", "o som desses passarinhos me deixa tão relaxado...". Apenas ouça, veja e sinta sem criar frases na sua mente, sem ficar tagarelando internamente.

Sente-se diante de uma janela e deixe que a claridade invada seu corpo. Sinta a luz penetrando pelo alto de sua cabeça e fluíndo por todo o corpo. Mantenha sua atenção nesse fluxo.

Fonte: Internet.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Arquitetura pelo mundo - Ouro Preto

... Mestres como Ataíde, Xavier de Brito, Servas e outros tantos circulando pelas ruas, quando não estavam enfurnados em templos, na labuta da arte. O mais conhecido foi Antônio Francisco Lisboa, eternizado como Aleijadinho, gênio pardo e acometido de terrível doença deformadora. Aleijadinho sintetiza a falência do conceito bem e mal. Foi o feio que produziu o belo, o monstro que produziu anjos... Ouro Preto é assim: fé interessada, inconfidentes heróis. Quem visita a cidade deve perceber que ela brinca com referenciais infantis, abusa e funde contrários...

Na formação dos primeiros arraiais mineradores, a arquitetura era simples e rudimentar. Com o surgimento de Vila Rica, as irmandades religiosas promovem uma reformulação quase total de seus templos, e as edificações civis incorporam inovações arquitetônicas e artísticas.
Na arquitetura religiosa, os principais templos construídos foram as matrizes, seguidas das igrejas das ordens terceiras e irmandades. Inicialmente as irmandades do Santíssimo Sacramento do Pilar e de Antônio Dias encarregavam-se da construção de suas matrizes, e as outras irmandades decoravam sua capela particular (os altares laterais) nesses templos. Posteriormente as irmandades, em constante competição, abandonam as matrizes e constroem seus templos, esmerando-se no estilo e na decoração interna.
Com o tempo, as austeras matrizes cedem lugar às igrejas de fachadas movimentadas e de interior caracteristicamente rococó. Exemplo máximo dessa evolução é a Igreja de São Francisco de Assis, construída e ornamentada por Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, com pinturas de Manuel da Costa Ataíde.
Paralelamente, as edificações civis incorporam inovações arquitetônicas adotadas a partir da construção do Palácio dos Governadores, iniciada em 1747 pelo governador Gomes Freire de Andrade. A taipa e o adobe são substituídos pelo quartzito do Itacolomi, que passa a ser utilizado sobretudo nos arrremates arquitetônicos das novas construções.
O Palácio dos Governadores apresenta as vergas de suas portas e janelas em quartzito, abandonando o antigo padrão linear em favor da forma alteada, também chamada canga-de-boi. A partir daí, Gomes Freire promove a construção de chafarizes, pontes e outras benfeitorias, trazendo de Portugal vários profissionais especializados. Surgem nessa época os grandes prédios públicos e os fortes sobrados com cunhais de pedra hoje comuns na cidade.

Fonte: Internet.