terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Os Passos da Paixão - Congonhas, Minas Gerais...

Em 1790 as obras arquitetônicas do Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos e do adro estavam concluídas.
Em 1796 são contratadas as obras dos Passos da Paixão e a execução dos Profetas, obras essas que constituem o mais esplêndido conjunto da arte barroca mundial.
Apesar do adro estar concluído, é pelos Passos da Paixão que Aleijadinho inicia seu trabalho, o qual se estende de agosto de 1796 a dezembro de 1799.
Nesse período são talhadas as 66 figuras em madeira, que seriam posteriormente dispostas em seis capelas: Ceia, Horto, Prisão, Flagelação/Coroação de Espinhos. Cruz-às-Costas e Crucificação...



Os trabalhos de policromia se iniciaram em 1808, sendo executados por Francisco Manuel Carneiro e Manoel da Costa Athayde.

Assinatura

A reprodução abaixo é um recibo com a assinatura de Aleijadinho, ao terminar os trabalhos de esculturas dos Passos da Paixão, no Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas, Minas Gerais.
















"Recebi do Irmão Vicente cento e setenta e sete oytavas e três coartos de ouro procedidos dos jornais de mim e dos meus officiais que trabalhamos na obra escoltura dos Paços da Payxão do Senhor de Matozinhos desde o primeiro de Agosto até o último de Dezembro deste presente ano e para clareza faço este de minha letra e sinal.

Matozinhos das Congonhas do Campo de 1796.

Antônio Francisco de Lisboa."


Fonte: Internet.

Um comentário:

  1. lindo obrigada por postar sobre os passos da paixao prescisava disso para meu trabalho de historia obrigada

    ResponderExcluir