sábado, 15 de maio de 2010

A Casa da Princesa Isabel...


















Construída por seu primeiro dono, o barão de Pillar, em 1853, é de estilo neo-clássico.
Residência oficial da Princesa Isabel e do Conde D’Eu até a Proclamação da República.
Foi construída por volta de 1853 pelo seu primeiro proprietário, Barão de Pilar, e em 1874 alugada ao Conde D’Eu, que a adquiriu em 1876.
Nela nasceram os dois primeiros filhos da Princesa Isabel.
Lá se encontrava D. Pedro II quando tomou conhecimento do movimento militar que instituiu a República.
Após 15 de novembro de 1889, passou a ser ocupada pelas Legações Diplomáticas de diversos países e pela Nunciatura Apostólica.
Posteriormente, abrigou estabelecimentos de ensino.
Tombada pelo IPHAN, conserva as características neoclássicas.
Atualmente, ali funciona a Companhia Imobiliária de Petrópolis, pertencente aos príncipes da Família Imperial Brasileira, cuja direção estava sob o comando de Pedro Gastão de Orleans e Bragança até fins do século XX.
Em seu estilo neo-clássico, a construção se assemelha ao vizinho Palácio Imperial de Verão, atual Museu Imperial.
Está pintada no tom de tijolo característico das residências pertencentes à Família Imperial do Brasil durante o período monárquico.
No frontão ostenta o monograma G.I., de Gastão & Isabel.
Em sua varanda frontal foi tirada aquela que é chamada de "a última fotografia da Família Imperial no Brasil", em fins de 1888.

D. Teresa Cristina, D. Antônio, D. Isabel, D. Pedro II, D. Pedro Augusto de Saxe-Coburgo, Conde D'Eu, e os príncipes Luís e Pedro de Alcântara (1888).






















Na casa, além da sede da Companhia Imobiliária de Petrópolis, funciona o Antiqüário da Princesa, com peças do período monárquico à venda.

Endereço: Avenida Koeler , 42 – Centro Histórico
Indicativo: Próximo à Praça da Liberdade e a Catedral
Visitações: Só quando há exposições

Fonte: Wikipédia e internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário