quinta-feira, 13 de maio de 2010

O amor em movimento...

Condenar o companheiro que erra é agravar a infelicidade de quem já se vê suficientemente infeliz.
Não julgue.

Emmanuel

Nenhum comentário:

Postar um comentário